Locais das sedes provisórias

Em 07 de Janeiro de 1914 foi concedido à diretoria um empréstimo de dez contos de réis, para a construção da sede própria do Centro Espírita Amor e Humildade do Apóstolo. Com cinco conto de réis foi comprado, à Rua Fernando Machado, um prédio para instalação do Centro, que, todavia, foi desapropriado, em virtude de alargamento e construções de pontes ligando a Rua Hercílio Luz. Transferiu-se então o Centro para a parte térrea da residência do Capitão Manoel dos Santos Lostarda, à Rua Marechal Deodoro.

Em 1918, foi adquirido um terreno à Rua Marechal Guilherme e o Centro, com várias doações: material de duas casas demolidas, cedido pelo irmão Ricardo Goulart; a planta de construção pelo irmão Tolentino de Souza; os bancos fornecidos pelo irmão Capitão Manoel dos Santos Lostarda.

Em 21/11/1919, na residência de Luiz Osvaldo Ferreira de Melo, é fundado o Grupo Espírita “Romeiros da Fé”, constituído dos seguintes membros: Pedro Bosco; João Adolfo Ferreira de Melo; Altino Flores; Rodolfo Bosco; Antonio Ferreira de Melo e Luiz Osvaldo Ferreira de Melo.

Mauricio era o guia Espiritual do Grupo. O referido Grupo mais tarde filiou-se ao CEAHA, o que ocasionou o encerramento das atividades do ”Grupo Espírita Humildade”

Em 18/04/1920, deu-se o Lançamento da Pedra Fundamental para a construção da sede atual do CEAHA.  Nesta época, foi comprada também uma faixa de terra, ao lado do terreno do centro, para possibilitar o alargamento da sede em construção.