http://amorehumildade.org.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/arte p site 02gk-is-113.pnglink
http://amorehumildade.org.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/arte p site 01gk-is-113.pnglink
«
»
Loading…

ESDE

 

Notícias do ESDE - Ano letivo 2016

 

 

 

 

 


DIRETRIZES E ORIENTAÇÕES - Gestão atual - 2012-jan2015


Orientações resultantes das reuniões de Coordenadores (fevereiro e junho 2010)

1-Os coordenadores devem motivar os estudantes para a efetiva participação nas reuniões doutrinárias da casa, nos eventos e cursos promovidos pelo CEAHA, FEC etc. para que se efetive a formação continuada.

2-Os coordenadores devem motivar os estudantes a se engajarem nos mais diversos trabalhos da casa, tais como livraria, biblioteca, leituras, etc. Os estudantes que apresentarem habilidades para trabalhos como passe, mediunidade etc. devem ser encaminhados às respectivas diretorias, a fim de que cada diretoria analise o caso e faça o devido encaminhamento.

3-O ingresso no curso do ESDE deve ocorrer pelo grupo introdutório; estudantes que chegam de outras casas devem iniciar pelo TOMO I; os estudantes não podem freqüentar, nem trocar de grupos, sem o devido consentimento dos novos coordenadores e da diretoria do ESDE. Os casos especiais devem ser analisados e liberados pela diretoria do ESDE.

4-Os coordenadores devem seguir as instruções da Apostila que dirige, não a substituir por outra obra ou outra forma de Estudo.

5-A presença de dois coordenadores em cada grupo do ESDE tem por objetivo principal o aprofundamento das pesquisas dos relativos temas em estudo e, consequentemente, a qualificação dos próprios coordenadores.

6-Com a presença de dois coordenadores em cada grupo, busca-se primar pelo aprofundamento nas pesquisas.

7-No caso de o coordenador precisar ausentar-se em dia de atividade, deixar o grupo sob responsabilidade: a) do segundo coordenador; b) de algum estudante estagiário; c) organizar atividades em grupo que devem ser desenvolvidas no decorrer da aula, entregues e analisadas pelo coordenador.

8-O ESDE tem por meta ampliar o quadro de coordenadores, por isso, sempre que houver estudantes pré-dispostos e hábeis para o estudo, eles devem ser incentivados à pesquisa e à colaboração na ministração de aulas, preparando-os para assumirem esta atividade. O nome desses estudantes estagiários deve ser indicado à diretoria do ESDE para futuro aproveitamento.

9-Para 2011 haverá curso de formação (curso a distância EAD- FEC) para coordenadores do ESDE. Até o final do ano será passado listagem para a inscrição dos atuais coordenadores e dos estudantes interessados na realização do curso de formação de coordenador.

10-Em nossos encontros, foi explanada por vários coordenadores, a necessidade de incentivo a leitura de obras espíritas. Nesse sentido, a diretoria do ESDE organizou uma síntese dos conteúdos estudados nos tomos (I, II, III) do ESDE, com a respectiva bibliografia, a qual foi enviada via e-mail para todos os coordenadores. Essa relação deve ser repassada a todos os estudantes para que possam ter um guia seguro e objetivo na direção dos estudos sérios do ESDE. Comunique-nos pelo e-mail Salete_valer @ Yahoo.com.br, ou pelo correio “diretoria do ESDE” o número de estudantes de seu grupo que não têm acesso a e-mail para que possamos providenciar uma cópia da relação, a fim de que o estudante a tenha sempre em mãos para consulta. Cabe, por ora, a cada coordenador criar metodologias para o incentivo a leitura, primando pelas obras acima.

11-O ESDE está organizando um cadastro (currículo) de todos os estudantes a fim de que todos os departamentos possam acompanhar a progressão individual, frequência nos estudos, bem nos cursos de aperfeiçoamento das diversas áreas da Doutrina, além das atividades das quais ele participa na casa. Cada departamento (coordenador) tem o compromisso em incentivar o preenchimento do formulario e encaminhá-lo a direotira do ESDE.

12-O ESDE elaborou o “CORREIO DO ESDE”: uma pasta que está no mural do ESDE no corredor no andar debaixo e outra pasta na sala quatro com o nome dos grupos de estudo do ESDE. Esta pasta servirá para envio de informações entre os diversos grupos do ESDE/diretoria ESDE e outras diretorias do CEAHA. Portanto, faz-se necessário que o coordenador olhe toda a semana os recados que ali se encontram, pois como passar do tempo servirá para a divulgação de todas as atividades da casa, dando melhores condições para que todos os estudantes participem de todas as atividades.

13-“Os coordenadores do Departamento devem abdicar no Grupo de Estudo que dirigem, das palavras: professor e aluno” e, nomeá-los como participantes do Grupo de Estudo e trabalhadores da Seara Espírita. Sempre que for necessário esclareça que todos os coordenadores do ESDE, também estão em processo de aprendizagem. Sigamos os exemplos de Jesus.

14-O controle de frequência é imprescindível tanto para o Departamento, como também, atender as exigências da Federação Espírita Catarinense e Brasileira para o levantamento anual do Censo. Ainda com referência ao controle de frequência, no inicio de cada ano, os coordenadores recebem a listagem dos participantes que frequentaram no ano anterior e consequentemente adquirirão por mérito, a sua progressão. É vedada a entrada de participante que não esteja na listagem encaminhada pela diretoria do Esde.

15-Para a mudança de turno é necessário, que o participante dirija pedido a diretoria do departamento.

16-O departamento do ESDE, prima pela disciplina em todos os sentidos e solicita que seus coordenadores voluntários, observem e não permitam a permanência de pessoas que não estejam cadastradas, como também aquelas que se caracterizarem por “somente ouvinte”. Esta situação não existe no regulamento do ESDE.

17-CEAHA, seguindo as orientações da FEC e FEB, incorporou o Estudo Avançado da Doutrina Espírita (EADE). O EADE está organizado em dois programas: a) Religião à luz do Espiritismo (três tomos: quatro apostilas); b) Ciência Espírita (Tomo únic). A incorporação deste estudo se dará na sequência do Tomo único (ESDE); para os grupos que estão estudando as Obras básicas, ele deverá ser incorporado na sequência, ou seja, no final do estudo da respectiva obra. Posteriormente será enviada relação das obras bibliográficas do EADE.