http://amorehumildade.org.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/arte p site 02gk-is-113.pnglink
http://amorehumildade.org.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/arte p site 01gk-is-113.pnglink
«
»
Loading…

Um dos grandes nomes da literatura espírita infantil, Adeílson Sales, disse certa vez que tudo o que fizermos pela literatura infantil e pelas crianças será pouco, tamanha a importância de se transmitir valores morais aos pequenos corações.

Somos obrigados a concordar com o escritor, porquanto, conforme consta na própria codificação espírita é no período infantil que o Espírito está mais acessível aos valores transmitidos.

Crianças que crescem em ambientes positivos, recheados de amor e harmonia têm maiores chances de estruturarem-se adequadamente sob todos os aspectos.

Porém, almas ainda aprendizes na arte de educar e de educar-se, não raro trocamos os pés pelas mãos.

Muitas vezes, claro que nem sempre, ensinamos nossos filhos de forma equivocada.

Transmitimos a eles nossas frustrações, sonhos e desejos.

Eu mesmo queria que meu filho fosse jogador de futebol. Inconscientemente transmitia ao garoto um desejo meu.
DINAMICAS-VOLUME-01

Queremos, em realidade, que eles – nossos filhos –  completem aquilo que falta em nós, esquecendo-nos de que são uma individualidade.

Por isso é preciso prestar atenção em como estamos conduzindo nossas crianças, sejam filhos ou aqueles que estão sob nossa guarda no ambiente espírita ou escolar.

Mas ainda bem que Adeílson e outros autores e educadores estão preocupados em nos repassar suas experiências no trato com os pequenos.

São lições e experiências que não podemos ignorar.

Devemos, portanto, aprender com eles e tanto quanto possível arregaçarmos as mangas para bem trabalharmos nessa seara infantil.

Seja com nossos filhos ou com os filhos dos outros é imperioso transmitirmos fielmente as mensagens legadas por Jesus.

E pensando e repensando nas múltiplas maneiras de facilitarmos o acesso das lições do Nazareno para as crianças foi que busquei na internet algum programa que pudesse me ajudar a confeccionar histórias em quadrinhos.

Quadrinhos são ferramentas poderosas para conquistar a atenção das crianças e atingir o objetivo de repassar ensinamentos morais.

E após inúmeras tentativas encontrei o programa HagáQuê que foi desenvolvido por uma equipe da UNICAMP – UNIVERSIDADE DE CAMPINAS. Os responsáveis pelo programa são: Heloísa Vieira da Rocha, orientadora, e os pesquisadores Sílvia Amélia e Eduardo Hideki.

Achei extremamente importante o desenvolvimento desse software porque constatamos a sua relevância para o educador e a criança. O educador, espírita ou não, pode utilizar o programa para desenvolver seus próprios quadrinhos ou fazer com que a criança entre no universo lúdico das histórias e ela mesma as desenvolva, porquanto é muito simples operá-lo.

Isto é uma mostra de como a ciência pode colaborar para a divulgação da Doutrina Espírita e o engrandecimento do ser humano.

Deixo, pois, o link para que o educador espírita faça o download do software e desenvolva o trabalho que melhor achar conveniente com suas crianças. Entre, acesse e baixe o programa. Eis o link -http://www.nied.unicamp.br/~hagaque/

É muito fácil e simples de utilizar. Não percamos, pois, a possibilidade de agregarmos valor ao trabalho de educação espírita infantil.

WELLINGTON BALBO
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. "
Bauru, SP (Brasil)

 

Fonte: O Consolador

Últimas Notícias:

o-evangelho-de-mateusPrograma de 18 de agosto de 2018Voltar para a edição A Casa Espírita  Clique...
espiritismo-e-politicaO Espírita deve envolver-se com a política?           ...
escala-de-palestrasfevereiro-2015      Escala de Palestrantes - Agosto...
estudo-da-revista-espirita-no-ceahaToda quarta-feira às 17h30  -...
filme-deixe-me-viverDeixe-me Viver O longa foi dirigido por Clóvis Vieira e estrelado por Bernardo...
tv-ceaha-videosTV CEAHA  -  Clique na imagem para acessar nossos vídeos
o-apostolo-ed-29                     ...
seminario-no-ce-raul-machadoCom Elizabeth Soares de Paula - Dia 21 de julho, a partir das 14h